Visualizando o Post: Novo clareador de Axila e Virilha

Novo clareador de Axila e Virilha


Postado em 28/10/2019

Tags:


Uma grande queixa de mulheres que fazem depilação da axila e virilha é o escurecimento dessas regiões devido ao procedimento realizado. O desafio é clarear essas regiões sem agredir ainda mais esse tecido e deixar a paciente confortável ao utilizar o despigmentante, que de maneira geral se apresenta na forma de cremes e géis, que acaba deixando aquela sensação pegajosa na axila, o que gera um incomodo desconforto.

Esse escurecimento da região axilar é chamado de Acantose, que pode ocorrer por diversos motivos, os mais comuns são:

  • Depilação com cera
  • Raspagem com lâminas
  • Fricção por prática de esportes
  • Desodorantes com baixo pH
  •  

A pele da axila ao sofrer esse “ataque” responde, de maneira a se defender. Uma das formas de fazer essa defesa, é produzir um excedente de melanina por uma célula chamada melanócito. Esse mecanismo de resposta é muito comum e se repete em outras regiões do corpo como a virilha. O uso de desodorantes contendo Cloreto de Alumínio também contribui para a formação da acantose, pois tem caráter ácido (pH muito baixo) o que acaba irritando essa região que acaba reagindo produzindo ainda mais melanina.

Um novo ativo disponível no mercado, é o Mediatone, que promete clarear manchas formadas na axila e virilha de maneira não agressiva e progressiva. Mediatone é o ácido octadodecilênico de origem vegetal, e apresenta um potencial clareador inovador atuando diminuindo a agressão inflamatória ao melanócito, portanto diminuindo intensamente sua resposta a agressão mecânica da depilação.

Mediatone ou ácido octadecenodióico é obtido pela fermentação de um ácido oléico de origem vegetal. Os receptores ativados por proliferador de peroxissomo, conhecidos como PPAR (Peroxisome Proliferator-Activated Receptor) são um grupo de proteínas receptoras nucleares que funcionam como fatores de transcrição que regulam a expressão dos genes.

Os PPARs desempenham um papel essencial na regulação da diferenciação celular, desenvolvimento, e metabolismo (carboidratos, lipídios e proteínas). Quatro isotipos de PPARs foram recentemente identificados em pele humana, incluindo em queratinócitos e melanócitos (ver figura1). A ligação a PPARα na pele humana resulta tipicamente em diferenciação epidérmica.

Por exemplo, o aumento dos níveis de filagrina e involucrina foram relatados ao estimular esse receptor. Vinculando a PPARα há também a diminuição da inflamação, através da redução dos níveis de IL-1α. PPAR-agonistas podem influenciar diretamente os melanócitos.

Mediatone demonstra forte afinidade pelo complexo proteico PPAR, o qual regula a transcrição do gene da Tirosinase
Mediatone reduz efetivamente o nível do RNAm da tirosinase, a produção dessa enzima chave na melanogênese é diminuída e consequentemente a hiperprodução de melanina é diminuída.

A base onde vincular o Mediatone, também é fator chave. A melhor forma farmacêutica é a de bastão, com toque seco para que não cause desconforto e incomodo ao usuário.

Concentração de uso: 1%


Você gostou deste post? Então compartilhe no Facebook ou Twitter!


Faça seu comentário:



VANUZA BENEVIDES ALVES disse: Data: 2020-06-11 - Hora: 09:10:59

Bom dia, professor. Gostaria de receber o protocolo para o peeling de Mediatone. Obrigada

Ana disse: Data: 2020-05-14 - Hora: 13:15:08

Onde encontramos esse produto pra comprar ?

Joelma disse: Data: 2020-05-07 - Hora: 09:46:04

Professor eu quero comprar os produtos e preciso de sua orientação

Valdina disse: Data: 2019-11-06 - Hora: 09:44:29

Gostaria de mais informações sobre chareamento eu sou massoterapeuta esteticista depiladora

Fernanda disse: Data: 2019-10-30 - Hora: 09:54:51

Bom dia! Qual a concentração máxima que posso utilizar? Por quanto tempo? Se parar de usar a mancha retorna? Qual o modelo de prescrição? Obrigada



Confira também: